• Napoleão

Retrospectiva da Educação – Parte 1

Com o encerramento do ano de 2021, a equipe da Secretaria Municipal de Educação (SEME), representada pela secretária Zana Tessinari, por meio desta, e com o objetivo de informar a todos sobre os trabalhos realizado pela secretaria, vem destacar de forma resumida as ações realizadas no decorrer deste ano.



CONTINUIDADE DO ANO LETIVO DE 2020


A SEME deu continuidade ao ano letivo de 2020 de forma remota e com atividades impressas, tendo em vista, que a pasta foi assumida com o ano letivo de 2020 ainda no segundo bimestre. E na zona rural ainda com o primeiro bimestre incompleto.


Sendo finalizado o ano letivo de 2020, foi iniciado o de 2021 e com data prevista para ser finalizado no dia 30 de dezembro de 2021, tanto na zona urbana como na zona rural.


Foram entregues 1.160 cestas básicas, para todas as escolas do município, dividido conforme a necessidade dos alunos, priorizando os que se encontram em vulnerabilidade social.


REALIZAÇÃO DE PROCESSO SELETIVO


Realizou o processo seletivo simplificado para compor um banco de cadastro reserva de professores para a zona rural e urbana.


O processo seletivo terá vigência de 11 (onze) meses podendo ser prorrogado por igual período. A secretaria já contratou 12 professores dentre os classificados, sendo 03 (três) para escolas urbanas e 09 (nove) para escolas rurais.


BUSCA ATIVA DE ALUNOS


A secretaria juntamente em parcerias com as escolas e conselho tutelar realizaram busca ativa dos alunos do nosso município, visando combater a evasão escolar e manter nossas crianças nas escolas.


PROGRAMAS ADERIDOS


Em 2021 a secretaria aderiu os seguintes programas da esfera estadual e federal.


PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NA ESCOLA – PDDE – FNDE – MEC: Recursos transferidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação-FNDE / MEC com repasse diretamente para as Unidades Executoras das Escolas Municipais de Educação Infantil e Fundamental.


PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE: Programa financiado pelo FNDE e participação da Prefeitura Municipal/unidade executora que destina recursos financeiros para a Alimentação Escolar.


PROGRAMA EDUCACENSO MEC/INEP: Programa de coleta de dados da situação dos alunos e das escolas, que serve de base para todos os repasses de recursos financeiros do MEC para a Educação.


PROGRAMA DE FREQUÊNCIA ESCOLAR (BOLSA FAMÍLIA): este Programa é uma das condicionalidades da educação dentro do Programa Bolsa Família, que se refere à distribuição de listagens com nomes das crianças beneficiárias às escolas para a coleta de dados da frequência escolar dos alunos que tem o benefício.


PROGRAMA NACIONAL DE APOIO AO TRANSPORTE DO ESCOLAR (PNATE): consiste na transferência automática de recursos financeiros para custear despesas com manutenção, seguros, licenciamento, impostos e taxas, pneus, dentre outros, para os transportes de alunos.


PROGRAMA Formação pela Escola (FPE) é um programa de formação continuada, na modalidade a distância, que tem por objetivo contribuir para o fortalecimento da atuação dos agentes e parceiros envolvidos com a execução, o monitoramento, a avaliação, a prestação de contas e o controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo FNDE.


PROGRAMA BRASIL NA ESCOLA – Este programa tem por objetivo precípuo induzir e fomentar estratégias e inovações para assegurar a permanência, as aprendizagens e a progressão escolar com equidade e na idade adequada dos estudantes matriculados nos anos finais do Ensino Fundamental.


PROGRAMA TEMPO DE APRENDER - é um programa de alfabetização abrangente, cujo propósito é melhorar a qualidade da alfabetização em todas as escolas públicas do país.


PROGRAMA DE INOVAÇÃO EDUCAÇÃO CONECTADA: este programa tem por objetivo apoiar a universalização do acesso à internet de alta velocidade e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica.


PROGRAMA CAMINHOS DA EDUCAÇÃO DO CAMPO: PRIMEIRA INFÂNCIA é proposto pelo Governo do Estado do Acre como uma modalidade de atendimento para as crianças de 04 e 05 anos de famílias que vivem em comunidades localizadas em áreas rurais de difícil acesso, tais como assentamentos, às margens dos rios, estradas e ramais.


PROGRAMA APRENDER VALOR é uma iniciativa do Banco Central do Brasil, executado com o patrocínio financeiro do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, e em parceria com o CAEd/UFJF. Tem como objetivo estimular o desenvolvimento de competências de Educação Financeira em crianças e adolescentes matriculados nas escolas públicas de ensino fundamental do país, para que possam estabelecer uma nova e saudável relação com seus recursos pessoais.


Prefeitura de Capixaba, é tempo de reconstruir!


Galeria de fotos:




0 comentário