• Ascom

Prefeitura de Capixaba busca repostas sobre caso de envenenamento de produções por agrotóxicos

A Prefeitura Municipal de Capixaba através da Coordenação de Meio Ambiente explicou sobre os andamentos do caso de um avião que estava pulverizando agrotóxico em uma fazenda próxima a região urbana da cidade, no dia 8 de abril (quinta-feira).

As denúncias vieram através de ligações, fotos e vídeos das propriedades situadas no bairro Quixadá Amorim. De imediato a equipe de coordenação se dirigiu ao local para averiguar a situação, com a presença do Secretário Estadual de Meio Ambiente Israel Milani no município, foi efetuado um diálogo onde ele disponibilizou uma equipe do Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC).


O fazendeiro, senhor Gilberto Pires, esteve em reunião na Câmara Municipal de Capixaba com o Secretário de Agricultura, Sandro Marcelo, o presidente da câmara, Amilton Costa; o gerente do fazendo e outros vereadores. Ele disse em reunião, que nunca houve a intenção de prejudicar a população, sendo que, ele investe aqui.


Na mesma reunião ficou decidido por parte do proprietário da fazenda que ele gostaria de ficar ciente de todos que foram prejudicados e o tamanho do prejuízos, propondo ainda a contratação de um técnico em agronomia para elaborar um relatório completo de toda a gravidade da situação.

Concluído este relatório das consequências ambientais, o senhor Gilberto Pires, buscará entrar em contato com os afetados e irá ressarcir os danos a cada um dos pequenos agricultores, pois, deles também é feito a renda do município.


Buscando sempre a boa harmonia dos cidadãos, a Prefeitura Municipal de Capixaba estando a disposição dos produtores e ou pessoas que se sentiram prejudicadas, para resolver e dar seguimento.


O Município não pode parar, a produção não pode ser interrompida e nós lutaremos cada dia mais para elevar a produção e melhorar a condição de escoamento e renda familiar.


Galeria de fotos:


Prefeitura de Capixaba #etempodereconstruir

0 comentário